Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Novo estudo sobre corrupção em Moçambique

Maputo, capital de Moçambique
Maputo, capital de Moçambique Veronique DURRUTY/Gamma-Rapho via Getty Images

Foi divulgado hoje em Maputo um novo estudo sobre a corrupção em Moçambique focando em particular a corrupção no sector privado. Intitulado "Estudo Anticorrupção do Sector Privado Moçambicano", este documento foi elaborado pelo Instituto de Directores de Moçambique (IoDmz), que reúne gestores de empresas moçambicanas, e pelo Ethics Institute, uma organização sul-africana de combate à corrupção.

Publicidade

Realizada a partir de um inquérito conduzido junto de cerca de 30 empresas e de entidades patronais, este estudo aponta o dedo sobre as práticas que constituem segundo os inquiridos factores de corrupção. De acordo com este estudo, a burocracia pesada ou a lentidão da administração pública são alguns dos factores que contribuem para a ausência de cultura de ética no meio empresarial moçambicano, como referiu em entrevista à RFI, David Jorge Seie, director executivo do Instituto de Directores de Moçambique.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.