Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Ataque falhado da Renamo na província do Niassa

Mapa de províncias moçambicanas, nomeadamente do Niassa, onde a Renamo atacou, 20 de agosto, o posto de Muaquia.
Mapa de províncias moçambicanas, nomeadamente do Niassa, onde a Renamo atacou, 20 de agosto, o posto de Muaquia. DR

Mais um ataque falhado da Renamo, na localidade de Muaquia, província do Niassa, no norte, de Moçambique, segundo a polícia moçambicana, que prendeu um dos homens do grupo do partido de Dhlakama.

Publicidade

O posto de Muaquia no distrito de Majune na província do Niassa, no norte de Moçambique, esteve na mira dos ataques da Renamo, anunciou a polícia que revelou ter abortada na madrugada deste sábado, a missão dos guerrilheiros do principal partido da oposição.

Segundo o porta-voz da polícia na província do Niassa, Alves Mate, "no acto da perseguição, a polícia conseguiu neutralizar um dos bandidos e neste momento encontra-se nas mãos da polícia."

"Não tivemos danos humanos, apenas esse homem da Renamo, que foi neutralizado, que foi baleado, que se encontra, neste momento, fora de perigo", sublinhou Alves Mate.

Esta tentativa de assalto do posto de Muaquia, neutralizado pela polícia no Niassa, surge numa altura também em que o Ministério da Defesa já veio anunciar a perseguição cerrada aos homens leais a Afonso Dhlakama.

De Maputo, em serviço especial para a RFI, a jornalista moçambicana, Ilauda Manala.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.