Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Casos de cólera confirmados em Moçambique

Maputo, capital de Moçambique
Maputo, capital de Moçambique DR

Desde o começo do ano, têm sido registadas dezenas de casos de diarreia designadamente na Matola e em Maputo, no sul de Moçambique, mas igualmente no norte do país, tendo sido confirmado hoje que alguns deles são casos de cólera.

Publicidade

De acordo com os dados avanços esta tarde pela directora nacional adjunta de saúde pública, há actualmente 216 doentes com cólera e um óbito confirmado. Falando em conferência de imprensa para fazer o balanço da situação epidemiológica do país, Benigna Matsinhe apontou para além das cidades de Maputo e Matola, a cidade de Nampula no norte de Moçambique, como sendo um dos focos da epidemia.

As autoridades de saúde da província de Maputo referiram que estão já no terreno a distribuir produtos para a purificação da água e a sensibilizar as populações para a observância de medidas de higiene. Água potável está a ser fornecida aos cidadãos nas cidades da Matola e Maputo em dias alternados devido aos baixos níveis provocados pela seca severa dos últimos dois anos. Mais pormenores com Orfeu Lisboa.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.