Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

OTM defende aumento do salário mínimo duas vezes em 2017

REUTERS/Grant Lee Neuenburg

O Secretário-Geral da OTM-Central Sindical exigiu hoje aos parceiros sociais a necessidade do aumento do salário mínimo por sectores de actividade e o reajustamento do mesmo duas vezes por ano face à actual conjuntura de depreciação do metical.

Publicidade

A Organização dos Trabalhadores Moçambicanos defendeu, esta sexta-feira, em Maputo o aumento do salário mínimo duas vezes este ano, como forma de acompanhar a degradação do poder de compra.

O secretário-geral da OTM-Central Sindical, Alexandre Munguambe, durante uma sessão da Comissão Consultiva do Trabalho, lembrou que " no passado, quando a inflação anual atingisse dois dígitos, o salário mínimo era aumentado duas vezes por ano", logo, "se a situação actual prevalecer, há todas as razões para se retornar a essa prática”.

O líder da maior central sindical do país sublinhou ainda que as condições de vida dos trabalhadores deterioraram-se em 2016, devido à instabilidade político-militar, calamidades naturais, crise financeira, depreciação do metical e dívida externa insustentável.

Com a colaboração de Orfeu Lisboa, correspondente em Maputo.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.