Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Entrada proibida de carne brasileira

Moçambique decidiu proibir a importação de carnes e frangos brasileiros.
Moçambique decidiu proibir a importação de carnes e frangos brasileiros. DANIEL MIHAILESCU / AFP

O executivo moçambicano anunciou a suspensão temporária da importação de carnes e frangos oriundos do Brasil, depois da recente descoberta, no âmbito da chamada “Operação Carne Fraca” no Brasil, de que uma série de empresas brasileiras do sector comercializavam carne adulterada.

Publicidade

Em Moçambique, o Governo decidiu proibir a importação de carnes e frangos brasileiros após os escândalos sanitários constatados nestas últimas semanas.

Neste sentido, o Governo de Maputo anunciou ainda a criação de uma equipa técnica de modo a avaliar os produtos.

Recorde-se que a “Operação Carne Fraca” foi uma acção levada a cabo pela Polícia Federal do Brasil, que permitiu descobrir a venda de carne adulterada para fora e para dentro do país. A polícia brasileira encontrou alterações dos prazos de validade da carne, assim como a aplicação de produtos químicos, que podem ser cancerígenos, que fazem com que os alimentos pareçam estar em boas condições.

A operação, que foi lançada a 17 de Março, levou a que vários países proibissem a importação de carne brasileira, enquanto outros decidiram, apenas, limitar essa mesma importação.

Para Mouzinho Nichols, Presidente da Associação Moçambicana de defesa do consumidor, a decisão das autoridades moçambicanas foi acertada.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.