Acesso ao principal conteúdo
Política/Moçambique

Moçambique deseja reduzir abstenção nas eleições

Reduzir os altos índices de abstenção nas eleições autárquicas e presidenciais de 2018 e 2019, é o objectivo do STAE (Secretariado Técnico de Administração Eleitoral). De acordo com o Director Geral do órgão, Felisberto Naife ,um trabalho está a ser efectuado para inverter esta tendencia nos processos eleitorais em Moçambique,cujos índices de abtenção têm estado a rondar os 60%,segundo um relatório do IESE( Instituto de Estudos Sociais e Económicos) de Moçambique.

Publicidade

 

O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral (STAE) tem como objectivo reduzir nas eleições autárquicas de 2018 e gerais de 2019 o alto índice de abstenção de 51,36% ,verificado nas ultimas eleições gerais.

 Uma decisão foi anunciada no final do terceiro conselho nacional do STAE decorrido em Nampula, no norte do país, pelo Director Geral do referido órgão.O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral organiza, executa e assegura as actividades técnico-administrativas dos recenseamentos e processos eleitorais em Moçambique. O seu Director Geral, Felisberto Naife considerou em declarações feitas à RFI, que o objectivo do STAE é fazer com que haja a participação da população no processo que visa pôr um termo a escalada do abstencionismo nos escrutínios eleitorais em Moçambique.

 O relatório de investigação elaborado pelo Instituto de Estudos Sociais e Económicos (IESE) logo após as eleições gerais de 2014 ,que conduziram Filipe Nyusi a presidência da República de Moçambique ,concluiu que a desorganização e a fraude registada em várias regiões do país fizeram do processo eleitoral de 2014 um fracasso. 

 Com o título “Crónicas de uma eleição falhada – Moçambique, Outubro de 2014” o relatório concluiu igualmente que ,desde as primeiras eleições multipartidárias de 1994, tem-se registado uma redução significativa da participação dos eleitores, com o nível de abstenção nos últimos três processos a rondar os 60%.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.