Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Moçambique anuncia fim da desminagem

Áudio 06:16
Pedro Comissário, representante Permanente de Moçambique junto às Nações Unidas em Genebra.
Pedro Comissário, representante Permanente de Moçambique junto às Nações Unidas em Genebra. Rui Martins/RFI

Com quatro anos de avanço sobre o prazo previsto, Moçambique anunciou o fim da desminagem de bombas e munições de fragmentação em todo o território, no VII Encontro dos países participantes da Convenção de Oslo, que decorreu no Palácio das Nações, em Genebra.Há dois anos Moçambique havia terminado a desminagem das minas antipessoais.No total, foram destruídos 83.034 engenhos de bombas de fragmentação não explodidos, restantes de bombardeamento feitos no passado.Pedro Comissário, representante Permanente de Moçambique junto às Nações Unidas em Genebra, participou neste Encontro dos países participantes da Convenção de Oslo. Aos presentes anunciou a conclusão do trabalho de desminagem das bombas de fragmentação em todo território moçambicano, um trabalho que contou com apoio internacional, principalmente da Noruega e do PNUD, Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento.Um trabalho de Rui Martins, correspondente em Genebra.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.