Acesso ao principal conteúdo
Meio Ambiente /Moçambique

Moçambique: mais de meio milhão de pessoas ameaçadas por cheias

Chuvas em Moçambique. Imagem de arquivo.
Chuvas em Moçambique. Imagem de arquivo. ODD ANDERSEN / AFP

O Instituto Nacional de Meteorologia, bem como o de Gestão de Calamidades alertam para a ocorrência de chuvas acima do normal que nos próximos 7 dias poderão fazer transbordar 7 bacias hidrográficas no centro e norte de Moçambique, inundar, isolar algumas aldeias do resto do país e afectar cerca de 700 mil pessoas.

Publicidade

Nos próximos sete dias mais de 700 mil pessoas poderão ser afectadas pelo mau tempo, alerta a Direcção Nacional de Recursos Hídricos.

As chuvas poderão provocar o transbordo de sete bacias hidrográficas e inundar, bem como isolar várias aldeias das províncias de Cabo Delgado, Nampula e Zambézia na regiões centro e norte de Mocambique.

Medidas urgentes devem ser adoptadas,segundo o Director Geral do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades (INGC) João Machatine.

No terreno, brigadas conjuntas estao posicionadas em zonas críticas para monitorarem a situação.

Segundo o relatório da Direcção Nacional de Gestão de Recursos Hídricos, os distritos de Pebane, Moma, Ancuabe, Chiúre e Mecúfi,estão ameaçados de isolamento,na eventualidade da obstrução de algumas vias de acesso.

Até a data foi a registada a morte de 14, provocada por chuvas torrenciais.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.