Acesso ao principal conteúdo
Moçambique/ Paz

Moçambique : Presidente anuncia novo passo no processo de paz

O Presidente moçambicano, Filipe Nyuzi (imagem de arquivo).
O Presidente moçambicano, Filipe Nyuzi (imagem de arquivo). DR

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, anunciou hoje, em Maputo, que o processo de desmilitarização da Renamo (Resistência Nacional Moçambicana), terá início no próximo Sábado, com a desmobilização e reintegração do braço armado do principal partido da oposição.

Publicidade

Em dia de celebração dos 26 anos da assinatura do acordo de paz de Roma, que pôs fim a uma guerra civil de 16 anos, o chefe de Estado moçambicano Filipe Nyusi,  anunciou um novo passo no processo de paz que decorre no país: "Iremos lançar, no próximo Sábado, dia 6 de Outubro, o início efectivo da desmilitarização, desmobilização e reintegração" dos efectivos da Renamo.   

Enquanto isso, a Renamo através do seu coordenador interino, Ossufo Momade,  denunciou neste dia a falta de protecção policial dos seus membros e simpatizantes durante a campanha eleitoral para as quintas eleições autárquicas agendadas para 10 de Outubro, e um plano do partido no poder para o dia da votação.  

Com apelos a paz e a reconciliação nacional, pela primeira vez, o dia 4 de Outubro, Dia dos Acordos de Paz de Roma - alcançado entre o governo moçambicano e a Renamo, principal partido da oposição - é assinalado sem Afonso Dhlakama, um dos signatários.

Confira acima a correspondência de Maputo de Orfeu Lisboa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.