Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Moçambique: STAE promete resultados amanhã

Áudio 04:30
Populares aguardam pela sua vez para votar para as eleições autárquicas, em Maputo, Moçambique, 10 de outubro de 2018
Populares aguardam pela sua vez para votar para as eleições autárquicas, em Maputo, Moçambique, 10 de outubro de 2018 ANTÓNIO SILVA/LUSA

Cerca de quatro milhões de eleitores foram hoje às urnas escolher os futuros dirigentes das 53 cidades e vilas autárquicas de Moçambique. Um processo que disputam 21 partidos políticos, coligações de partidos e grupos de cidadãos eleitores. O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral-STAE- promete a projecção dos resultados provisórios são conhecidos amanhã.

Publicidade

O primeiro cidadão a votar, às sete da manhã, hora local, foi o Presidente da República, Filipe Nyusi falou da importância do acto para os moçambicanos.

Apesar das garantias dos órgãos eleitorais de que a máquina estava afinada para o início do processo, o certo é que houve abertura tardia de algumas mesas de voto e falhas nos cadernos eleitorais, como denunciou à porta de uma assembleia de voto, Manuel de Araújo, cabeça de Lista da Renamo principal partido da oposição.

Uma situação também reportada, em conferência de imprensa pelo Programa VOTAR Moçambique, Paula Monjane integra o consórcio das organizações da Sociedade Civil, que teceu duras críticas aos órgãos de legislação eleitoral.

Numa primeira avaliação, o Comité de Resposta e Reconciliação Nacional composto por personalidades locais e monitores da Rede de Monitoria da Sociedade Civil reportou também vários incidentes pelo país. Casos de violência verbal e física entre os delegados de candidatura dos partidos políticos, membros das mesas de votação e até entre os eleitores. Os incidentes resultaram em pouco mais de 20 feridos, denunciou Felicidade Chirindza do Comité de Resposta e Reconciliação Nacional.

Trabalharam nas quintas eleições autárquicas 38.213 membros das assembleias de voto distribuídas em 5459 mesas.

O processo acompanhado por grupos de observadores também da CPLP e mais de mil jornalistas entre nacionais e estrangeiros, encerrou as 18, hora local e seguiu-se a contagem dos votos. O Secretariado Técnico de Administração Eleitoral-STAE- promete a projecção dos resultados provisórios são conhecidos amanhã.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.