Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Renamo reage aos resultados das autárquicas

Ossufo Momade, coordenador da Comissão Política Nacional da Renamo, sobre autárquicas em Moçambique
Ossufo Momade, coordenador da Comissão Política Nacional da Renamo, sobre autárquicas em Moçambique RICARDO FRANCO/LUSA

Em Moçambique a Renamo, principal partido da oposição ameaça quebrar as negociações pela paz se o governo nada fizer para repor a vontade popular manifestada através do voto, nas eleições autárquicas de 10 de Outubro.  

Publicidade

Anúncio feito pelo coordenador do principal partido da oposição, Ossudo Momade que considera que as eleições que decorreram nas 53 cidades e vilas autárquicas do pais foram fraudulentas.

Três dias depois da realização das eleições autárquicas em Moçambique, insatisfeito com os resultados provisórios que estão a ser anunciados pelos órgãos eleitorais e que dão vantagem a Frelimo partido no poder no país, o coordenador da Renamo reagiu com uma seria ameaça.

Na sua comunicação via telefónica a partir da Serra da Gorongosa na província de Sofala no centro de Mocambique, Ossufo Momade considera que os resultados das eleições autárquicas não espelham a vontade popular.

A perdiz manifesta ainda preocupação com a divulgação tardia pela Comissão Nacional de Eleições CNE dos resultados nos conselhos autárquicos em que o partido, segundo estes, lidera a contagem dos votos.

De Maputo, o nosso correspondente Orfeu Lisboa.

 

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.