Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Renamo realiza Conselho Nacional em Novembro

Funeral de Afonso Dhlakama, líder histórico da Renamo. 10 de Maio de 2018. Magunde.
Funeral de Afonso Dhlakama, líder histórico da Renamo. 10 de Maio de 2018. Magunde. ADRIEN BARBIER / AFP

A Renamo vai realizar, este mês, um Conselho Nacional para a convocação do Congresso que deve eleger o sucessor do antigo líder Afonso Dhlakama. O partido pediu calma e confiança na actual liderança.

Publicidade

O anúncio do principal partido da oposição moçambicana foi feito hoje em conferência de imprensa, em Maputo. A Renamo vai reunir, ainda este mês, na cidade da Beira, o Conselho Nacional para a convocação do Congresso de eleição do sucessor de Afonso Dhlakama, que morreu a 03 de Maio e que dirigiu a Renamo durante 38 anos.

O porta-voz da Comissão Política Nacional da Renamo, Alfredo Magumisse,  explicou que os membros poderão exercer os direitos de eleger e de ser eleito para assumirem e exercerem as funções de líder do partido e explicou que, formalmente, ainda não há candidatos à sucessão de Dhlakama. Alfredo Magumisse também disse que o partido está comprometido com o alcance da paz e reconciliação nacional.

O porta-voz da Comissão Política Nacional da Renamo pediu para "sossegar os membros, acalmar as bases" sobre o trabalho que está a ser feito para a eleição de um novo líder do partido.

A Renamo é dirigida interinamente por Ossufo Momade, deputado e membro da Comissão Política Nacional.

Oiça aqui a declaração de Alfredo Magumisse, recolhida pelo correspondente da RFI em Maputo, Orfeu Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.