Acesso ao principal conteúdo
Ciência

"Declaração de Maputo" privilegia saúde em África

Áudio 09:58
Moçambique acolhe Conferência da Rede Africana de Epidemiologia
Moçambique acolhe Conferência da Rede Africana de Epidemiologia afenet

Em Maputo estão reunidos até esta terça-feira ministros da saúde para debatem as prioridades para construir sistemas de saúde pública e avaliar a evolução do sector.Paulo Samo Gudo, vice-presidente da associação médica de Moçambique, alerta para a necessidade de apostar a médio longo prazo no sector da saúde.O director Geral Adjunto do Instituto Nacional de Saúde, Eduardo Samo Gudo, descreveu-nos os compromissos assumidos na "declaração de Maputo" que estipula os caminhos a seguir para desenvolver a saúde pública em África.Neste encontro, a ministra da Saúde moçambicana manifestou preocupação no diagnóstico de 2500 novos casos de fístula todos os anos. Dados que UNICEF, organizadora da conferência, acusa de estarem associado à ocorrência de casos de casamentos prematuros em Moçambique.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.