Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambique: Conselho Constitucional validou resultados das autárquicas

Um eleitor deposita o seu voto para as eleições autárquicas, em Maputo.
Um eleitor deposita o seu voto para as eleições autárquicas, em Maputo. ANTÓNIO SILVA/LUSA

Em Moçambique, o Conselho Constitucional validou os resultados das eleições autárquicas de 10 de Outubro, mas invalidou os resultados na autarquia de Marromeu na província de Sofala no centro de do país por se ter concluído que houve irregularidades que influenciaram o resultado inicial que dava vitória à Frelimo.

Publicidade

O Conselho Constitucional constatou a ocorrência de várias e graves irregularidades que influenciaram os resultados finais que deram vitória à Frelimo em Marromeu, nas eleições autárquicas de 10 de Outubro.

Face a situação, o órgão de soberania anulou os resultados da autarquia de Marromeu e decidiu pela realização de novas eleições nesta autarquia.

Estão assim anulados os resultados das eleições autárquicas obtidos em oito mesas de votação em Marromeu na província de Sofala no centro de Moçambique, uma decisão anunciada pelo Presidente do Conselho Constitucional, Hermenegildo Gamito.

Enquanto isso, o Conselho Constitucional validou os resultados das quintas eleições autárquicas realizadas a 10 de Outubro em 52 cidades e vilas autárquicas de Moçambique que atribuem vitória a Frelimo em 43 autarquias, 8 para a Renamo e uma autarquia para o MDM.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.