Acesso ao principal conteúdo
COP24

COP24: São necessário Governos mais comprometidos

Manuel Cardoso, da ong moçambicana Livaningo.
Manuel Cardoso, da ong moçambicana Livaningo. Cristiana Soares

Da COP24 a decorrer na Polónia, deverá sair o “livro de regras” para aplicação do Acordo de Paris. Manuel Cardoso, da moçambicana Livaningo, quer mais responsabilização dos governos para o cumprimento do documento assinado na capital francesa em Dezembro de 2015.

Publicidade

Manuel Cardoso, gestor de programas de energias limpas e mudanças climáticas da ong moçambicana Livaningo quer que os estados mais poluentes assumam as suas responsabilidades na causa climática e espera que o Acordo de Paris saia reforçado de Katowice.

Acreditamos que esta seja a COP onde as decisões vão ser tomadas e que os governos estão mais comprometidos com a causa climática”, sublinha gestor de programas de energias limpas e mudanças climáticas da Livaningo.

Sobre o documento rubricado em Paris, Manuel Cardoso sublinha que carece de uma série de precisões, mas que esperam “que mude até ao final da COP24”.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.