Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Maputo acolhe corrida São Silvestre

Praça da Independência em Maputo, Moçambique
Praça da Independência em Maputo, Moçambique ALEXANDER JOE / AFP

O atleta sul-africano Abedenico Machava e a moçambicana Zeferina Marinho são os vencedores da 17a edição da corrida São Silvestre de Maputo. A prova teve lugar, esta manha, na capital mocambicana e juntou pouco mais de 300 corredores entre nacionais e estrangeiros. 

Publicidade

A corrida São Silvestre, que é já tradicional, teve, este sábado, como vencedor, nos federados masculinos, o atleta da África do Sul Abedenico Machava.

 

O segundo lugar coube também a outro atleta sul-africano.

O terceiro classificado foi o moçambicano Alberto Mamba, atleta da Universidade Pedagógica, que percorreu a distância de 7 quilómetros, com um minuto de atraso em relação ao vencedor da prova.

 

Estou há um mês e duas semanas sem treinar, mas entrei aqui em 6 minutos. Isso é muito para mim”, afirmou o atleta moçambicano Alberto Mamba.

 

Na classe feminina, a corrida São Silvestre de Maputo foi ganha, pela terceira vez consecutiva, pela corredora moçambicana Zeferinha Marinho, da universidade Pedagógica, ao percorrer 7 quilómetros, em 31 minutos, 21, segundos e 66 centésimos.

 

O único segredo é confiar em ti, e muito treino, entregar tudo nas mãos de Deus. Só ele pode”, referiu a atleta Zeferinha Marinho.

 

A 17a edição da corrida São Silvestre de Maputo juntou perto de 300 corredores, entre nacionais e estrangeiros, sobretudo da África do sul e de Eswatini, antiga Swazilândia.

 

Os vencedores de cada categoria, federados, populares e deficientes, foram agraciados com um prémio monetário de cerca de 200 dólares norte-americanos.

Oiça aqui a correspondência de Orfeu Lisboa:

Correspondência Orfeu Lisboa

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.