Acesso ao principal conteúdo
Semana em África

Moçambique: Ciclone levou tudo, menos a esperança

Áudio 13:25
Rosa Tomás e o seu filho Dionísio Eduardo, junto ao que resta da sua casa. 23 de Março de 2019. Buzi, Moçambique.
Rosa Tomás e o seu filho Dionísio Eduardo, junto ao que resta da sua casa. 23 de Março de 2019. Buzi, Moçambique. Yasuyoshi CHIBA / AFP

O centro de Moçambique tenta reerguer-se da destruição causada pelo ciclone Idai e pelas cheias que se seguiram. Falta tudo: comida, água, materiais de construção, medicamentos, material médico, tectos e muito mais. Ficou a esperança sustentada pela necessidade de alimentar a família e de reerguer casas, escolas, hospitais. A força e a fragilidade de um povo em destaque neste "Semana em África".

Publicidade
{{ scope.counterText }}
{{ scope.legend }}© {{ scope.credits }}
{{ scope.counterText }}

{{ scope.legend }}

© {{ scope.credits }}
Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.