Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

PAM aumenta lanches escolares no sul de Moçambique

Uma taxa significativa de crianças com menos de 5 anos vive em desnutrição crónica em Moçambique
Uma taxa significativa de crianças com menos de 5 anos vive em desnutrição crónica em Moçambique RFI/ Liliana Henriques

O Programa Mundial de Alimentação PAM vai aumentar, a partir deste mês de Maio, de 4 para 11 o número de escolas que vão beneficiar de lanche escolar, em alguns distritos da província de Gaza, no sul de Moçambique, com vista a combater a desistência escolar dos alunos por causa da fome.

Publicidade

Karin Manente, representante do PAM em Moçambique anunciou esta notícia na passada Sexta-feira em declarações à Rádio pública nacional durante o seminário provincial de alimentação Escolar em Xai Xai. Para Karin Manente, a continuidade desta ajuda tem igualmente por objectivo combater os altos índices de desnutrição no horizonte 2030 numa região especialmente exposta à seca e à insegurança alimentar.

O programa do lanche escolar tem estado a ser implementado desde 2013 em quatro escolas da província de Gaza. Desde essa altura, 300 crianças entre os seis e os 12 anos beneficiam diariamente do lanche fornecido pelo Programa Mundial de Alimentação. Mais pormenores com Orfeu Lisboa.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.