Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Moçambicanos detidos em campos de treinos na RDC

Mocímboa da Praia, em Moçambique.
Mocímboa da Praia, em Moçambique. ADRIEN BARBIER / AFP

Em Moçambique a polícia confirma a detenção na República Democrática do Congo de doze jovens moçambicanos pertencentes a grupos armados que teriam, nomeadamente, estado implicados em ataques no seu país natal.

Publicidade

O comandante-geral da polícia da República de Moçambique revelou que terão sido detidos em campos de treinos na República Democrática do Congo - RDC - pelo menos 12 jovens moçambicanos, parte do grupo de insurgentes que tem levado a cabo ataques armados na província de Cabo Delgado no norte do país.

Saíram da República Democrática do Congo onde eles alimentavam zonas de diamantes”, admitiu o comandante-geral da polícia.

E revelou Bernardino Rafael durante um comício popular em Nampula que as autoridades moçambicanas estão a enfrentar dificuldades para extraditar os 12 jovens.

Nós queríamos que eles viessem cá para nos dizer quem é que os recrutou. Mas o Governo congolês também precisa de saber como eles entraram lá. São jovens que foram aliciados e hoje em dia estão em situações difíceis”, frisou Bernardino Rafael.

Estudos realizados sobre a origem dos grupos armados, que protagonizam ataques no norte de Cabo Delgado, indicam que têm ligações com grupos armados de inspiração jihadista que actuam em algumas partes da RDC.

Mais pormenores com o nosso correspondente, Orfeu Lisboa.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.