Acesso ao principal conteúdo
Moçambique

Filipe Nyusi apela comunidade islâmica a contribuir para a paz

Presidente moçambicano Filipe Nyusi pede colaboração da população contra grupos armados
Presidente moçambicano Filipe Nyusi pede colaboração da população contra grupos armados Yasuyoshi CHIBA / AFP

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, apelou a comunidade islâmica para que contribua para a paz definitiva no país. Um apelo lançado hoje em Nampula, por Filipe Nyusi numa altura em que grupos de insurgentes continuam a matar, roubar e destruir infra-estruturas públicas e privadas em alguns distritos da província de Cabo Delgado no norte do país.

Publicidade

O apelo a preservação da paz foi feito aos crentes da comunidade muçulmana na cidade de Nampula pela celebração do Eid al-Adha: "pedimos mais paz, mais harmonia, mais tranquilidade".

O país vai a votos para as eleições gerais no dia 15 de Outubro, o Presidente da República, Filipe Nyusi, pediu tranquilidade. "Não queremos que seja o momento para divisão ou para disputa. Cada cidadão é livre de fazer aquilo que quer e de escolher a pessoa que quer", declarou.

Enquanto isso, o delegado do conselho islâmico em Cabo Delgado, Nze Assuate, pede ao estadista mais acções para combater os grupos armados que aterrorizam desde 2017. "Queremos que a situação dos malfeitores na zona norte e centro de Cabo Delgado seja resolvida", pediu Nze Assuate.

Apelos ouvidos durante a comemoração neste domingo do fim da peregrinação a Meca. A correspondência de Maputo de Orfeu Lisboa.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.