Acesso ao principal conteúdo
Convidado

Comércio de Marfim: "são precisas regras claras"

Áudio 07:12
Apreensão de duas toneladas de marfim no porto de Lomé, Togo. 28 de !janeiro de 2014
Apreensão de duas toneladas de marfim no porto de Lomé, Togo. 28 de !janeiro de 2014 REUTERS/Noel Kokou Tadegnon

Apesar da pressão, a Convenção sobre o Comércio Internacional das Espécies da Fauna e da Flora Selvagens Ameaçadas de Extinção (CITES) não decretou a proibição total do comércio de marfim.De um lado, activistas e defensores da fauna e flora que querem a proibição total da venda de marfim, do outro uma série de países africanos dispostos a virar costas à Convenção em detrimento da sua economia.Por ano, o tráfico de marfim provoca a morte de 40 mil elefantes.Sobre este assunto a RFI ouviu Yussuf Adam, historiador moçambicano.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.