Acesso ao principal conteúdo
Mianmar/Tailândia

San Suu Kyi faz primeira viagem internacional em 24 anos

Aung San Suu Kyi chega ao aeroporto de Bangcoc, em 29 mai 2012.
Aung San Suu Kyi chega ao aeroporto de Bangcoc, em 29 mai 2012. REUTERS/Soe Zeya Tun

A líder opositora birmanesa Aung San Suu Kyi chegou hoje à Tailândia, onde ela participará do Fórum Econômico Mundial e visitará uma série de campos de refugiados. Esta é a primeira viagem internacional da nobel da paz em 24 anos. Inimiga pública número um da junta militar que governou Mianmar até março de 2011, Suu Kyi que lidera o primeiro partido de oposição ao governo militar, a Liga Nacional pela Democracia, é uma das principais figuras políticas do país.

Publicidade

Sua militâcia pacífica fez com que o regime a colocasse em prisão domiciliar durante quase 15 dos últimos 20 anos. Ela chegou a ter oportunidades de deixar o país, mas não o fez, com medo de não ter autorização para voltar depois. Nesta primeira prova internacional da restituição de seu direito de ir e vir, jornalistas fizeram a pergunta óbvia de sempre, ainda no aeroporto de Ragun: "o que você sente". E Suu Kyi respondeu: "Nada demais. Isso faz parte do meu trabalho".

A agora deputada - Aung San Suu Kyi foi eleita deputada no último dia primeiro de abril, depois que o presidente Thein Sein autorizou eleições parciais - se reunirá com o primeiro ministro tailandês, Yingluck Shinawatra, em data ainda desconhecida. Na quarta-feira, ela encontrará imigrantes birmaneses, que anseiam por reestabelecer laços com seu país de origem.

Os birmaneses representam 80% dos dois milhões de imigrantes registrados na Tailândia. Mas o número total deles é pouco conhecido, já que vários não tem documentação oficial e trabalham em funções marginalizadas. Na sexta-feira, ela falará no Fórum Econômico. Talvez por isso, o presidente Thain Sein tenha adiado sua visita ao fórum para a semana que vem. Quem quer disputar os holofotes com Aung San Suu Kyi?

Depois da Tailândia, ela visita Oslo, onde deve fazer o discurso que havia programado para a aceitação de seu Nobel, em 1991. Depois, ela segue para Londres, onde falará para parlamentares.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.