Acesso ao principal conteúdo
Israel/Política

Ministro da Defesa de Israel decide abandonar a política

O ministro da Defesa Ehud Barak.
O ministro da Defesa Ehud Barak. REUTERS/Nir Elias

O atual ministro da Defensa israelense e ex-primeiro-ministro Ehud Barak, o militar mais condecorado do país, anunciou nesta segunda-feira o fim de sua carreira política. Em entrevista coletiva em Tel Aviv, Barak, 70 anos, informou que não vai disputar as eleições legislativas de 22 janeiro próximo.

Publicidade

O anúncio surpreendeu a classe política israelense. Barak esclareceu que vai continuar no cargo até a formação do novo governo, prevista para daqui a três meses, mas se esquivou de comentar se aceitaria ser nomeado para um novo ministério caso o primeiro-ministro Benjamin Netanyahu vença as eleições. "A política não é a única maneira de se contribuir para o Estado", afirmou Barak.

Segundo analistas, Barak tinha poucas chances de ser eleito em janeiro. Apesar de ele ter conquistado um certo sucesso com a recente operação militar Pilar Defensivo, na Faixa de Gaza, o partido que ele fundou com outros quatro deputados trabalhistas dissidentes (Hatzmaut, Independência em hebraico) não decola nas sondagens. De acordo com uma pesquisa publicada na sexta-feira, o partido de Barak só conseguiria eleger quatro das 120 cadeiras do parlamento israelense.

Já o partido de direita do primeiro-ministro, o Likud (União, em hebraico), lidera as pesquisas de intenção de voto e, pela legislação, Netahyahu poderia nomear uma personalidade não eleita no parlamento para um cargo de ministro. Esse cenário não é, porém, o mais provável, uma vez que a pasta da Defesa é cortejada por outros caciques do Likud, entre eles o ministro das Relações Estratégicas e ex-chefe do Estado Maior das Forças Armadas, Moshé Yaalon. Em mensagem divulgada no Twitter, o gabinete do primeiro-ministro declarou "respeitar a decisão de Barak".

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.