Acesso ao principal conteúdo
África do Sul/Crime

Polícia acha taco ensanguentado na casa de Pistorius

Oscar Pistorius chorou na audiência em que foi indiciado pela morte da namorada.
Oscar Pistorius chorou na audiência em que foi indiciado pela morte da namorada. Reuters

A imprensa sul-africana revela a cada dia novos detalhes sobre o assassinato da namorada do atleta paralímpico sul-africano. Segundo o jornal City Press, publicado sempre aos domingos, a polícia encontrou um taco de críquete coberto de sangue na casa de Oscar Pistorius, que é acusado de ter matado a namorada na última quinta-feira com 4 tiros. A polícia sul-africana não confirmou a informação.

Publicidade

O jornal semanal informa que o taco de críquete está sendo analisado para se descobrir de quem é o sangue. City Press escreve que a cabeça de Reeva Steenkamp foi “esmagada” pelo objeto e que os investigadores levantam a tese de uma disputa entre o casal que teria acabado mal.

Depois da briga, o atleta, provavelmente drogado, atingiu a namorada com um primeiro tiro ainda no quarto do casal. Em seguida, Reeva Steenkamp teria tentado se esconder dentro do banheiro e foi atingida por mais três tiros, revela o jornal.

Vizinhos citados por outro jornal, o Sunday Independent, afirmam que o casal começou a brigar no início da noite de quarta-feira e que os seguranças do condomínio de luxo onde o atleta mora em Pretória tiveram que intervir. Pistorius não telefonou nem para a polícia nem para uma ambulância. Ele ligou apenas para familiares e para uma amiga que ao chegarem na casa encontraram o atleta carregando o corpo da namorada, ainda com vida.

No telefone, Pistorius teria dito à sua irmã que confundiu a namorada com um assaltante. Essa é a versão que defesa do atleta tenta emplacar. Mas desde o início a polícia não parece acreditar muito nessa versão. O atleta já foi indiciado por homicídio e segue detido em uma delegacia de Pretória pelo menos até a próxima audiência, marcada para a próxima terça-feira. No mesmo dia, Reeva Steenkamp será cremada e enterrada em Porto Elizabeth.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.