Acesso ao principal conteúdo
Japão/Fukushima

Tepco criará empresa para demolir a usina de Fukushima

Imagem da central de Fukushima
Imagem da central de Fukushima REUTERS/Tokyo Electric Power Co/Handout via Reuters

A companhia elétrica Tepco anunciou nesta sexta-feira a criação de uma nova empresa que deverá se encarregar exclusivamente do desmantelamento da central de Fukushima Daiichi, atingida pelo tsunami em março de 2011.

Publicidade

A criação de uma empresa foi recomendada por um comitê de especialistas selecionados pela Tepco para melhorar a gestão do local.

Desde o tsunami de 2001, que provocou o acidente, diversos incidentes ocorreram na central, apesar das autoridades japonesas afirmarem que a situação é estável na usina.

O objetivo desta modificação estrutural é organizar de forma mais eficaz o cronograma das obras da central, destruída pela catrástrofe que deixou quase 16 mil mortos.

A empresa será dirigida por Naohiro Masuda, o funcionário que supervisionou a estabilização da segunda usina da Tepco atingida pelo tsunami, Fukushima Daini.

A previsão é de que desmantelamento de Fukushima Daiichi demore no mínimo 40 anos.

Inicialmente, a Tepco havia decidido demolir apenas os setores que abrigam os quatro reatores, mas a companhia decidiu destruir as seis construções depois de tê-las utilizado como áreas de pesquisa para desenvolver novas tecnologias de extração do combustível.
 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.