Acesso ao principal conteúdo
Indonésia/Pena de morte

Indonésia confirma que australianos condenados à morte serão executados

Os australianos, Andrew Chan e Myuran Sukumaran, foram condenados à pena de morte em 2006 na Indonésia.
Os australianos, Andrew Chan e Myuran Sukumaran, foram condenados à pena de morte em 2006 na Indonésia. REUTERS/Murdani Usman/Files

Os dois australianos condenados à morte na Indonésia já foram transferidos nesta quarta-feira (4) da ilha de Bali para uma prisão de segurança máxima na ilha de Nusakambangan, onde serão executados. Andrew Chan, de 31 anos, e Myuran Sukumaran, de 33, foram condenados à pena capital em 2006, acusados de liderarem uma rede de traficantes de heroína entre a Indonésia e a Austrália.

Publicidade

Os advogados de Chan e Sukumaran tentaram, mas não receberam o perdão do presidente indonésio Joko Widodo, que adotou uma política implacável contra os traficantes de droga. O ministro indonésio da Justiça, Muhammad Prasetyo, confirmou que os preparativos para a execução dos dois australianos já começaram.

As autoridades não confirmaram a data, mas as execuções são consideradas iminentes. Normalmente, os condenados são notificados 72 horas antes de serem mortos.

Antes de serem transferido à prisão na ilha de Nusakambangan, Chan tentou se encontrar com o irmão, mas o pedido não foi atendido. "Hoje não é um dia de visita", alegou uma autoridade do ministério da Justiça, Nyoman Putra Surya.

Corredor da morte

Os condenados australianos figuram em uma lista de dez estrangeiros no corredor da morte que serão em breve fuzilados. Entre eles está o brasileiro Rodrigo Gularte, de 42 anos, preso em 2004 no aeroporto de Jacarta ao ser flagrado com drogas em pranchas de surf.

Revolta

A Austrália está revoltada com a intransigência da Indonésia. Canberra ameaçou retirar seu embaixador de Jacarta, seguindo o exemplo do Brasil e da Holanda. Os dois países tomaram a decisão após a execução do brasileiro Marco Archer e do holandês Ang Kiem Soei, em janeiro.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.