Acesso ao principal conteúdo
Mary Jane/Indonésia

Família de condenada comemora adiamento de execução na Indonésia

Pais de Mary Jane Veloso agradecem pela soltura da filha.
Pais de Mary Jane Veloso agradecem pela soltura da filha. Reprodução Twitter

“Os milagres são bem-vindos”, declarou Celia Veloso, mãe de Mary Jane Veloso, filipina que escapou do esquadrão de fuzilamento na Indonésia na madrugada desta quarta-feira. Ela fazia parte do grupo de nove condenados à morte, acusados de tráfico de drogas, que incluía o brasileiro Rodrigo Gularte. Uma mulher se entregou à polícia nas Filipinas, confessando ter colocado a droga na mala de Mary Jane.

Publicidade

Mary Jane Veloso foi presa há cinco anos, após ter sido flagrada com 2,6 kg de heroína na mala. Ela sempre negou o crime, alegando ter sido vítima de uma rede internacional de tráfico humano e de drogas. A pena da filipina foi suspensa por onze horas após a inesperada confissão de Cristina Sergio, pessoa que recrutou Mary Jane.

Falsas promessas

A família Veloso acusava Cristina Sergio de ter dissimulado a droga na mala de Mary Jane e de ter lhe oferecido falsas promessas de trabalho na Indonésia. As acusações geraram ameaças de morte e Cristina resolveu confessar o crime, em troca de proteção da polícia.

René Almendras, diretor do gabinete da presidência filipina, conta que, munido “dessa informação importante”, o presidente Benigno Aquino entrou em contato com o ministro indonésio das Relações Exteriores, sem respeitar as regras protocolares. “Cada minuto contava”, diz Almendras.

Miséria

Mary Jane se tornou uma espécie de símbolo do sofrimento de cerca de 10 milhões de filipinos que deixaram o país por causa da miséria. Filha de catadores de lixo, ela não terminou a escolaridade básica e casou-se adolescente. Em 2009, a filipina conseguiu trabalho de empregada doméstica em Dubai, mas voltou para casa após uma tentativa de estupro por parte do patrão.

No entanto, Mary Jane continua condenada à morte e Manila precisa provar a Jacarta que o cartel de drogas é que deve ser responsabilizado. A mãe e os dois filhos de Mary Jane, de seis e 12 anos, chegaram à Indonésia na semana passada.

 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.