Acesso ao principal conteúdo
América do Sul

Papa Francisco na América do Sul

O papa Francisco destacou a importância da família na sua homilia  perante 800.000 pessoas em um parque de Guayaquil, no Equador, a 6 de Julho de 2015.
O papa Francisco destacou a importância da família na sua homilia perante 800.000 pessoas em um parque de Guayaquil, no Equador, a 6 de Julho de 2015. REUTERS/Osservatore Romano

O Papa Francisco está na América do Sul para uma digressão de oito dias. O Sumo Pontífice vai estar no Equador, Bolívia e Paraguai. O lema da viagem é a “justiça social”.

Publicidade

Em Quito, a capital do Equador, o líder da Igreja Católica foi recebido pelo presidente equatoriano, Rafael Correa. À chegada ao país, o papa destacou a necessidade de diálogo e do respeito das diferenças, numa altura em que o Equador tem sido palco de inúmeras manifestações. Há um mês que os opositores ao regime de Rafael Correa denunciam uma deriva autoritária por parte do chefe de Estado.

Oiça aqui a crónica de Leonardo Silva.
 

A família e a pobreza são dos dois temas da viagem do Papa pela América do Sul.

Esta terça-feira, dia da segunda missa papal no Equador, no parque Bicentenário da capital, Quito, são esperadas milhares de pessoas, depois de 600.000 fiéis se terem concentrado num parque em Guayaquil na segunda-feira.

Esta é a primeira visita de um papa ao Equador em três décadas.
 

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.