Acesso ao principal conteúdo
Basquetebol

Angola apurou-se para os quartos-de-final do AfroBasket'2015

Yanick Moreira, basquetebolista angolano, apontou os dois pontos da vitória de Angola frente à República Centro-Africana por 62-61.
Yanick Moreira, basquetebolista angolano, apontou os dois pontos da vitória de Angola frente à República Centro-Africana por 62-61. fiba.com

Esta terça-feira é o início dos oitavos-de-final do AfroBasket que decorrem em Radès na Tunísia. Angola foi o primeiro país lusófono a entrar em acção e a vencer o seu adversário, a República Centro-Africana.

Publicidade

A Selecção Angolana foi a primeira nação lusófona a entrar em acção nos oitavos-de-final do AfroBasket que decorrem na Tunísia. Angola alcançou o apuramento para os quartos-de-final frente à República Centro-Africana ao vencer por 62-61.

No outro encontro já disputado, o Egipto derrotou o Zimbabué por 102-62.

Nos quartos-de-final, a Selecção Angolana vai defrontar o Egipto num reencontro da final da edição de 2013 da prova, disputada na Costa do Marfim, em que Angola arrecadou o título africano ao vencer por 57-40.

De referir que Angola teve de jogar esta terça-feira visto que ontem perdeu frente ao Senegal por 74-73 na terceira e derradeira jornada do Grupo B, e os angolanos terminaram no segundo lugar do grupo por isso defrontaram o terceiro do Grupo A, a República Centro-Africana.

Quanto aos outros países lusófonos, Cabo Verde e Moçambique, jogam apenas esta quarta-feira.

Cabo Verde, que terminou no primeiro lugar do Grupo D com três vitórias em três jogos, defronta o Gabão, que acabou no último lugar do Grupo C.

Moçambique, que ficou no terceiro lugar do Grupo B com uma vitória em três jogos, vai medir forças com a Nigéria, que acabou no segundo lugar do Grupo A.

Lembramos que Angola já venceu o título africano por 11 vezes.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.