Acesso ao principal conteúdo
JAPÃO

Primeiro caso de cancro no Japão ligado a Fukushima

Funcionários em frente da fábrica nuclear Dai-ici em Okuma cidade na região de Fukushima, no norte do Japão.
Funcionários em frente da fábrica nuclear Dai-ici em Okuma cidade na região de Fukushima, no norte do Japão. AFP FOTO / POOL / FILES / Yoshikazu TSUNO

No Japão um antigo funcionário da central de Fukushima foi diagnosticado com cancro, facto que poderá estar relacionado com a exposição à radiação.Esta é a primeira confirmação deste tipo mais de quatro anos após o acidente nuclear. Fonte do Ministério da Saúde disse que o antigo trabalhador desenvolveu leucemia após trabalhar na central depois do acidente de 2011.  

Publicidade

Jorge Lima, pesquisador do Instituto de Patologia e Imunologia Molecular da Universidade do Porto, trabalhou sobre as consequências do acidente de Tchernobyl (na Ucrânia, em 1986) e alerta,em entrevista a Vítor Matias, para a possibilidade de surgiram mais casos em Fukushima.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.