Acesso ao principal conteúdo
Mundo

FIFA : detidos em Zurique mais dois dirigentes

AFP/Archives

O governo suíço confirmou hoje que foram detidos em Zurique mais dois dirigentes da FIFA no âmbito do escândalo de corrupção da organização desportiva que é já conhecido por FIFA Gate.

Publicidade

A organização Mundial de Futebol volta a ser abalada pela detenção de mais dois vice-presidentes, por alegada fraude. De acordo com o jornal norte-americano New York Times, os vários detidos são acusados de extorsão, lavagem de dinheiro e fraude.

O Governo suíço anunciou a detenção a pedido do Departamento de Justiça dos Estados Unidos, no âmbito do escândalo de corrupção da organização desportiva. O ministério da Justiça suíço adianto que os homens estão detidos e aguardam a extradição para os Estados Unidos,

A FIFA aprovou esta quinta-feira, numa reunião do comité Executivo realizada em Zurique na Suíça, um conjunto de propostas para reformas de longo prazo no organismo que incluem, por exemplo, a limitação a três mandatos presidenciais, num máximo de 12 anos. As propostas vão agora ser debatidas e votadas no congresso extraordinário de 26 de Fevereiro, no qual será também eleito o novo presidente da FIFA como conta Neidy Ribeiro.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.