Acesso ao principal conteúdo

Papa Francisco saúda os que socorrem migrantes e refugiados

O Papa Francisco saúda a multidão presente na Praça de São Pedro
O Papa Francisco saúda a multidão presente na Praça de São Pedro AFP FOTO / VINCENZO PINTO

O Papa Francisco fez hoje a sua tradicional bênção Urbi et Orbi, à Cidade de Roma e ao mundo, como em todos os dias de Natal. O sumo pontífice não deixou de abordar o terrorismo e enalteceu a importância de acolher os migrantes e refugiados que chegam à Europa.

Publicidade

Na terceira mensgem do seu pontificado, o Papa Francisco denunciou as atrocidades terroristas que destroem o património histórico e cultural dos povos, aludindo à ameaça jihadista e aos atentados no Egipto, em Beirute, Paris, Bamaco e Tunes.

Dirigindo-se às dezenas de milhares de fiéis reunidos na Praça de São Pedro, o sumo pontífice abençoou os que socorrem migrantes e refugiados.

O Papa Francisco fez ainda menção ao conflito israelo-palestiniano e pediu unidade nas Nações Unidas para restabelecer a paz na Síria e na Líbia.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.