Acesso ao principal conteúdo
Ciência

Inteligência Artificial ganha craque mundial de Go

Áudio 10:43
Tabuleiro do jogo de Go, no momento em que super-computador de inteligência artificial do Google ganha por 4/1 Lee Sedol, campeão do mundo.
Tabuleiro do jogo de Go, no momento em que super-computador de inteligência artificial do Google ganha por 4/1 Lee Sedol, campeão do mundo. Wikimedia

No nosso magazine de Ciência vamos abordar o combate entre a inteligência artificial e o cérebro humano, aproveitando a vitória do super-computador AlphaGo, invenção do programa Deep Mind do Google, frente ao sul-coreano, Lee Sedol, número 3 do mundo do jogo de Go.Vitória do super-computador AlphaGo de 4/1 frente ao campeão sul-coreano, número 3 mundial, Lee Sedol, no jogo de Go, que vinha decorrendo desde o dia 8 até esta terça-feira 15 de março, em Seul.O Go é jogo de tabuleiro chinês, extremamente complexo e mais difícil do que o xadrez, e neste encontro de Seul, ficou provada, uma vez mais a superioridade do computador, da inteligência artificial, sobre o homem.Mas o caboverdiano, Vuca Pinheiro, professor de matemática e informática, na Universidade de Massachusetts, Boston, nos Estados Unidos, relativiza esta superioridade do computador:"Estes super-computadores [como o AlphaGo]  são superdotados, a capacidade vai-se aumentando e vai-se igualar ao homem, mas não acredito que chegue a se igualar ao homem, porque é o homem que tem de programar o computador".Clique e oiça esta ciência, que fala ainda da inteligência artificial em si, neurociências, computação na educação, novas tecnologias e o vídeo no ensino a distância entre outros temas.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.