Acesso ao principal conteúdo
Bélgica

Tiroteio na Bélgica: suspeito identificado

O local onde decorreu o tiroteio.
O local onde decorreu o tiroteio. REUTERS/Francois Lenoir

A justiça belga fez um ponto da situação sobre os acontecimentos de ontem numa operação franco-belga que resultou num morto, na zona Sul de Bruxelas, no bairro de Forest. De notar que o edifício onde decorreu o tiroteio era alvo de buscas ligadas aos atentados de Novembro em Paris.

Publicidade

As buscas que decorreram ontem na Bélgica acabaram com a detenção de duas pessoas, duas outras estão em fuga e uma morreu.

No entanto de referir que já foi identificado o suspeito abatido. É um homem de 35 anos, Mohamed Belkaïd, com nacionalidade argelina. Estava em situação irregular no território belga. O indivíduo não era conhecido dos serviços judiciários por terrorismo, apenas estava referenciado por um roubo em 2014. «Ele ia claramente atirar contra a polícia a partir da janela», justificou o substituto do procurador, Thierry Werts.

De referir ainda que duas pessoas, não identificadas até agora foram detidas. Uma delas é um homem que foi transportado para o hospital de Bruxelas com uma perna partida, enquanto a pessoa que conduzia o carro fugiu. O segundo indivíduo foi detido durante a noite de terça para quarta-feira, numa outra operação de buscas. Até agora não se estabeleceu nenhuma ligação entre essas pessoas e as operações anti-terroristas.

No entanto duas outras pessoas, «que se encontravam aparentemente no apartamento e cujas identidades são desconhecidas, conseguiram fugir e são agora procurados»,acrescentou o substituto do procurador, Thierry Werts. De referir que no apartamento vários polícias ficaram feridos.

Ao lado de Mohamed Belkaïd, onze carregadores de kalachnikov e várias munições foram encontradas, além da arma, bem como de uma bandeira do Estado Islâmico e de um livro sobre o salafismo. A polícia não encontrou explosivos. Na outra operação de buscas, foi encontrada uma kalachnikov e carregadores.

Ouça a crónica sobre os acontecimentos na Bélgica.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.