Acesso ao principal conteúdo
Itália/Reiligião

Papa Francisco denuncia vazio espiritual e moral da sociedade

O  Papa  Francisco,na Praça S.Pedro(Vaticano).27 de Março de 2016.
O Papa Francisco,na Praça S.Pedro(Vaticano).27 de Março de 2016. REUTERS/Max Rossi

Na sua mensagem de Páscoa , Urbi e Orbi ( " à Cidade e ao Mundo") o papa Francisco criticou o vazio espiritual e moral, que desencadeia o ódio e provoca  a morte na sociedade actual. O Sumo Pontífice que durante a vigília pascal fez alusão aos "cristãos sem esperança " e "prisioneiros dos seus problemas", esboçou o retrato de uma sociedade sem crença , sem moral e sem orientação, que leva os indivíduos a serem tentados pela violência. O chefe da Igreja Católica criticou também a recusa dos países ocidentais em acolher os migrantes que fogem da guerra e da fome.

Publicidade

Por ocasião da sua alocução pascal, Urbi e Orbi( àCidade e ao Mundo), o Papa Francisco evocou " o vazio espiritual e moral que prevalece na sociedade vigente . O Sumo Pontífice denunciou o ódio e a morte espalhados através de conflitos, do terrorismo e da rejeição de refugiados. Após  ter-se referido durante a vigília pascal aos "cristãos sem esperança" e à descrença que domina o mundo de hoje , o Papa Francisco criticou severamente neste domingo  de Páscoa  os países desenvolvidos que recusam acolhimento e ajuda aos migrantes e aos refugiados.

 

 "A   ressureição de Cristo, proclamação da vida que soará eternamente, convida-nos a não ignorar os homens e às mulheres que procuram por um futuro melhor. E cada vez maior, o número de migrantes e refugiados, entre os quais muitas crianças , que fogem da guerra, da fome , da pobreza e da injustiça social. Estes nossos irmãos e irmãs enfrentam na sua fuga, a morte e a rejeição dos que poderiam oferecer-lhes hospitalidade e ajuda", disse  o Papa Francisco.

  O Chefe da Igreja Católica condenou igualmente a forma cega e terrível que constitui o terrorismo, pedindo que se rezasse pela Bélgica,Turquia,Nigéria,Chade ,Camarões, Costa do Marfim e Iraque, recentemente vítimas de atentados. No âmbito da sua mensagem  Urbi e Orbi, o Papa Francisco rezou também pelo fim dos conflitos internos no Burundi, em Moçambique, na República Democrática do Congo e no Sudão do Sul.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.