Acesso ao principal conteúdo
França

Visa pour l'image: a homossexualidade em África e o Zika no Brasil

Uma das fotografias de Frédéric Noy que trabalhou sobre a homossexualidade em África
Uma das fotografias de Frédéric Noy que trabalhou sobre a homossexualidade em África RFI/João Matos

Continua a decorrer desde este fim-de-semana e até ao dia 11 de Setembro em Perpignan, no sul de França, o festival de fotojornalismo "Visa pour l'image", a maior manifestação do género a nível internacional que acolhe exposições de dezenas de fotógrafos vindos do mundo inteiro, assim como debates e projecções sobre o fotojornalismo.

Publicidade

Entre as obras presentes no evento, estão as imagens do fotografo e videasta francês Frédéric Noy que ao logo dos últimos anos tem trilhado caminhos no continente africano. A temática da sua exposição é a homossexualidade em África, designadamente no Uganda, Ruanda e Burundi e retrata diferentes realidades, momentos de celebração, momentos de violência e preconceito também, como relata o enviado especial da RFI, João Matos.

Confiram aqui as fotos da exposição de Frédéric Noy:

Noutra frente, também exposto no "Visa pour l'image" está o trabalho do fotojornalista brasileiro Felipe Dana que mostra um trabalho sobre o zika e as crianças no Brasil. Entrevistado pelo enviado especial João Matos, ele começa por se referir ao surgimento da doença e à dimensão que esta acabou por ganhar.

Eis uma das fotografias da exposição de Felipe Dana sobre o Zika no Brasil:

RFI/João Matos

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.