Acesso ao principal conteúdo
Relações internacionais/ Turquia

Parlamento Europeu vota suspensão temporária do processo de adesão

O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan
O Presidente da Turquia, Recep Tayyip Erdogan Sputnik

O Parlamento europeu votou nesta quinta a favor da suspensão das negociações com Ancara para a adesão da Turquia ao bloco de Bruxelas. A decisão tomada pelos europeus visa protestar contra o modus operandi do governo turco após o golpe de estado militar abortado em Julho último. Segundo os analistas, há o risco de uma maior deterioração das relações entre o Presidente turco Recep Tayyip Erdogan e a União Europeia.

Publicidade

                            

O congelamento das negociações para a adesão da Turquia à União Europeia pelo Parlamento de Strasbourg, significa um duro revés para as relações entre Bruxelas e Ancara, que segundo os analistas, degradaram-se a seguir ao golpe de Estado abortado na Turquia no dia 15 de Julho. A decisão dos eurodeputados poderá também afectar o acordo assinado em Abril de 2016 entre a Turquia e a União Europeia, para que fossem acolhidos em território os refugiados tenando penetrar nos países-membros do bloco de Bruxelas. Por intermédio do voto de quinta-feira, o Parlamento europeu , de acordo com o seu comunicado, "condena fortemente a desproporção das medidas repressivas tomadas pelo governo turco após a fracassada tentativa de golpe Estado militar".  Os eurodeputados congelaram temporáriamente o processo de adesão turco, mas reiteraram a sua vontade de manter os laços entre União Europeia e a Turquia.

 Na quarta-feira, o Presidente Erdogan considerou antecipadamente a nulidade do voto do parlamento europeu . A Turquia candidatou-se formalmente à União Europeia em 1987 , mas as negociações para a sua adesão só foram iniciadas em 2005. O governo turco manifestou pela primeira vez nos anos sessenta ,a sua aspiração em tornar-se membro do bloco europeu.

 

              

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.