Acesso ao principal conteúdo
Europa

Galileo sistema europeu de navegação por satélite

Lançado em Bruxelas 15 de dezembro sistema de navegação por satélite Galileo
Lançado em Bruxelas 15 de dezembro sistema de navegação por satélite Galileo DRwikipedia

Europa lançou esta quinta-feira em Bruxelas o seu próprio sistema de naveção por satélites chamado Galileo com o objectivo de protagonizar os seus próprios projectos sem estar a depender do GPS americano.

Publicidade

A Europa passa a ter o seu próprio sistema de navegação por satélites denominado Galileo, lançando esta quinta-feira, 15 de dezembro, em Bruxelas, para  protagonizar os seus próprios projectos deixando de depender do sistema do GPS americano.

É um feito maior da Europa que não poderia ser feito por apenas um país europeu, declarou no acto do lançamento, a comissária europeia da Indústria, Elzbieta Bienkowska.

"É o resultado de um esforço comum para conceber e construir o sistema de navegação mais preciso do mundo", subliinhou a comissária europeia.

Com efeito, Galileo, é 10 vezes mais potente, que o GPS americano, sistema que até agora dava as ordens na Europa.

Galileo é o mais recente sistema de navegação por satélites,que veio juntar-se ao GPS americano, ao Glonass russo ou Beidu, o sistema chinês de posicionamento por satélite.

O programa Galileo foi criado em 1999 pela União europeia e envolve um orçamento total de cerca de 10 mil milhões de euros e o evento desta quinta-feira foi ainda a segunda fase do projecto global que será generalizado a todos em 2030.

Em entrevista à RFI, o geógrafo português, Paulo Caridade, Director-executivo, da SpaceLayer Technologies, em Portugal, declarou que o Galileo é "uma vantagem competitiva, não só para efeitos militares, mas também para efeitos civis."

 Voltaremos a esta questão no Magazine Ciência de  terça-feira, 20 de dezembro.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.