Acesso ao principal conteúdo
ESTADOS UNIDOS/MÉXICO

Estados Unidos e o México separados por um muro

Donald Trump e Enrique Peña Nieto, na  Cidade do México, a 31 de Agosto de 2016.
Donald Trump e Enrique Peña Nieto, na Cidade do México, a 31 de Agosto de 2016. REUTERS/Henry Romero

São muitas as reacções internacionais à conferência de imprensa do futuro presidente americano. Donald Trump mantém o seu projecto de construção de um muro com o México e diz-se determinado em obter o respectivo reembolso pelos mexicanos.

Publicidade

O México, bem como a China ou a Rússia, não foram poupados na conferência de imprensa de Donald Trump.

Sobre o México o diferendo é comercial sobre a intenção do futuro presidente americano em combater quaisquer deslocalizações de empresas para o país vizinho.

Um contencioso também de segurança e migratório pelo que Trump insiste na construção imediata de um muro na fronteira, um muro que garante ele, vão pagar os mexicanos.

O futuro homólogo de Donald Trump Enrique Peña Nieto garante estar aberto ao diálogo com os americanos, mas sem tolerar qualquer atitude atentatória à dignidade dos mexicanos e recusa qualquer pagamento do muro.

Os Estados Unidos e o México cada vez mais de costas voltadas.

Confira aqui esta crónica incluindo os registos de Trump e de Peña Nieto.

 

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.