Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos da América

Estados Unidos: Tom Perez é o novo líder dos democratas

Tom Perez,novo líder do Partido Democrata.
Tom Perez,novo líder do Partido Democrata. REUTERS/Joshua Roberts

Nos Estados Unidos, os democratas elegeram Tom Perez como o seu novo líder. O ex-secretário de estado do Trabalho e advogado em causas de direitos civis tem como principal desafio a reorganização do partido depois da derrota de Hillary Clinton nas presidenciais.

Publicidade

Tom Perez, de 55 anos, foi secretário de estado do Trabalho da administração Obama e advogado em causas de direitos civis. Filho de imigrantes da República Dominicana, é o primeiro hispânico a liderar o partido democrata.

Perez conquistou 235 dos 445 votos dos membros do Comité Nacional do partido, que estiveram reunidos em Atlanta, no estado de Geórgia.

Tom Perez era apoiado pelo ex-vice-presidente Joe Biden e herda um partido ainda a ressacar da derrota de Hillary Clinton frente a Donald Trump nas presidenciais de novembro.

O seu primeiro acto foi convidar o principal adversário, Keith Ellison, para ser seu vice-presidente, num sinal de união dentro dos democratas. Ellison, afroamericano e o primeiro muçulmano eleito para o Congresso, em 2006, é da ala progressista e foi um dos primeiros a apoiar Bernie Sanders nas eleições primárias que escolheram Hillary Clinton para a corrida à Casa Branca.

Pela frente, Tom Perez tem a reorganização do partido para as legislativas de Novembro de 2018 e para as presidenciais de 2020.

O ex-presidente norte-americano, Barack Obama, que deixou o poder a 20 de Janeiro, saudou a eleição de um “amigo”, mostrando-se convicto que ele vai saber unir a sua família política e “fazer emergir uma nova geração de líderes”.

A troca de mensagens entre Donald Trump e Tom Perez no Twitter

Em reacção à eleição de um novo líder dos democratas, o presidente norte-americano, Donald Trump, ironizou no Twitter: "Felicidades para Thomas Perez, que acaba de ser nomeado presidente do DNC [Comité Nacional Democrata]. Não poderia estar mais feliz por ele e pelo Partido Republicano."

Perez respondeu e aconselhou Trump a não se “pôr muito contente” , prometendo que os democratas vão tornar-se no seu “pior pesadelo”.
 

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.