Acesso ao principal conteúdo
Holanda

Polícia holandesa ajudada pela Espanha neutraliza atentado

Carros da polícia holandesa nas imediações da sala de concertos de Maassilo, em Roterdão após um alerta de atentado que falhourroriste.
Carros da polícia holandesa nas imediações da sala de concertos de Maassilo, em Roterdão após um alerta de atentado que falhourroriste. Arie Kievit / ANP / AFP

Alertadas pelos serviços de informações espanhóis, forças de segurança interna holandesa, neutralizaram um atentado com camioneta com 5 botijas de gás contra uma sala de concertos de Maassilo, em Roterdão, onde devia actuar ontem, o grupo de rock americano, Allah-Las. A polícia holandesa prendeu dois homens. 

Publicidade

A polícia holandesa prendeu esta quinta-feira, 24, mais um jovem relacionado com o alerta de ontem que permitiu que fosse anulado um concerto do grupo de rock americano, Allah-Las, em Roterdão, devido a uma "ameaça terrorista", segundo indicações dos serviços informações de Espanha, atingida a semana passada por dois atentados terroristas.

As autoridades holandesas  prenderam o jovem holandês de 22 anos durante uma rusga ao seu apartamento na província de Brabant, no sul do país, junto à fronteira com a Bélgica.

"O homem preso hoje está a ser interrogado sobre o alerta desta madrugada de Roterdão", declarou a polícia holandesa.

O jovem, segundo a polícia holandesa, informada pela polícia espanhola, tinha enviado uma mensagem de ameaça, pelo que foi anulado o concerto, anunciou o ministro holandês do interior.

Foi aberto um inquérito para apuramento das razões por trás da acção do jovem holandês, difusor da mensagem, subsistindo ainda algumas zonas de sombra.

Em contrapartida, o motorista da camioneta com 5 botijas de gás, com placa de matrícula espanhola, preso na noite de ontem para hoje, é um espanhol, que foi preso, imediatamente, a seguir às informações espanholas à Holanda.

Estas duas prisões e a anulação do concerto de ontem à noite, em Maassilo, surgem num clima tenso, após os 2 atentados terroristas da semana passada, em Espanha, que fizeram 15 mortos e reivindicados pelos jiadistas do estado islâmico.

Logo, em Roterdão, há um certo alívio, que este atentado tenha sido neutralizado.

Oiçamos a análise de Agostinho Santos, produtor e antigo deputado do partido trabalhista holandês.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.