Acesso ao principal conteúdo
França / "Os Republicanos"

Laurent Wauquiez quer reunificar "Os Republicanos"

Laurent Wauquiez, Vice-presidente do partido "Os Republicanos", em companhia de Virginie Calmels, primeira adjunta do Presidente da Câmara de Bordéus, Alain Juppé
Laurent Wauquiez, Vice-presidente do partido "Os Republicanos", em companhia de Virginie Calmels, primeira adjunta do Presidente da Câmara de Bordéus, Alain Juppé PHILIPPE DESMAZES / AFP

São já cinco os candidatos à presidência do partido conservador francês "Les Républicains" (Os Republicanos, em português). A grande dificuldade dos seus membros é escolher, em Dezembro, uma figura que consiga reunificar uma família política completamente dispersa, depois da derrota do seu candidato, François Fillon, logo na primeira volta da eleição presidencial francesa, no passado dia 23 de Abril.

Publicidade

O vice-presidente do partido "Os Republicanos", anunciou a sua candidatura à presidência do partido, a 31 de Agosto. Neste Domingo, Laurent Wauquiez lançou a sua campanha, prometendo fazer tudo o que puder para reunificar a sua família política, sublinhando - no entanto - que isso só poderá ser possível com a defesa de valores claramente de direita.

Três dias após o anúncio da sua candidatura, o antigo Ministro do Presidente Nicolas Sarkozy mostra, de forma inequívoca, que deseja  escrever um novo episódio da história desta formação política, ainda em estado de choque devido à eliminação do candidato do partido ( François Fillon), logo na primeira volta da eleição presidencial, em Abril.

“Chegou o tempo da reconstrução", afirmou ontem Laurent Wauquiez na estação de ski de Estables, a Sul da França, depois de ter efectuado a tradicional subida anual do Monte -Mézenc, na Haute - Loire. 

Laurent Wauquiez estava acompanhado por uma deputada centrista, Virginie Calmels, próxima do presidente da Câmara de Bordéus, o centrista Alain Juppé, mostrando a possibilidade de uma abertura ao centro do seu próprio partido.

Durante a sua alocução, Laurent Wauquiez enalteceu a coragem política de Virginie Calmels. Oiça aqui:

 

Laurent Wauquiez, considerado favorito na eleição à presidência do partido "Os Republicanos", a 10 e 17 de Dezembro, é alvo de críticas de mambros do seu próprio partido, que o consideram muito "à direita".

É o caso de Valérie Pécresse, membro do partido, e Presidente da Região parisiense, que declarou "não excluir a possibilidade de abandonar o partido, se Wauquiez for eleito", referindo se à linha politica defendida pelo jovem candidato.

No entanto, Calude Guéant, antigo ministro, e membro do mesmo partido, afirmou que se Laurent Wauquiez fôr eleito presidente de "Os  Republicanos, o partido será, claramente, um partido de Direita, mas não haverá alianças com a Extrema - direita.

Por seu turno, o deputado Eric Ciotti, pertencente ao mesmo partido, e apoiante de Laurent Wauquiez, apelou alguns dos seus membros -  que não apoiam Wauquizez - que concentrem as suas forças na reconstrução do partido, fragilizado pela derrota estrondosa de François Fillon na eleição presidencial.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.