Acesso ao principal conteúdo
EUA/Irão

China pede aos EUA para preservar acordo com Irão

O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump
O Presidente dos Estados Unidos, Donald Trump REUTERS/Joshua Roberts

Pequim apelou Washington para preservar o acordo nuclear com o Irão. Esta sexta-feira o Presidente norte-americano vai tornar pública a decisão e tudo indica que Donald Trump não irá “certificar” o acordo.

Publicidade

Pequim espera que o acordo nuclear iraniano se mantenha. O ministro dos Negócios Estrangeiros Chinês, Yang Jiechi, abordou este assunto durante uma conversa telefónica que teve ontem com o secretário de Estado norte-americano, Rex Tillerson.

A China foi uma das seis potências que assinaram, em 2015, com o Irão um acordo que impede Teerão de se munir da arma atómica.

Esta sexta-feira o Presidente norte-americano vai tornar pública a decisão e tudo indica que Donald Trump não irá “certificar” o acordo, argumentando que este acordo “não serve os interesses americanos” e acusa Teerão de instigar o terrorismo e desenvolver programas de mísseis balísticos.

Os parlamentares terão sessenta dias para decidir se vão ou não impor as sanções contra o Irão, levantadas desde 2015.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.