Acesso ao principal conteúdo
Portugal

Português Diogo Costa Amarante no Júri de cinema de Berlim

Berlinale, festival internacional de cinema arranca a 15 de fevereiro e tem português no júri
Berlinale, festival internacional de cinema arranca a 15 de fevereiro e tem português no júri REUTERS/Fabrizio Bensch

O Berlinale, festival internacional do filme de Berlim, arranca no dia 15 de fevereiro e para o mundo lusófono tem uma novidade muito especial. O realizador português, Diogo Costa Amarante, que já foi galardoado por este festival de cinema, passa agora a fazer parte do seu júri, na sua vertente das curtas-metragens.

Publicidade

O Festival Internacional de Cinema de Berlim, com início no dia 15 de fevereiro, escolheu o realizador português Diogo Costa Amarante para o
júri que premiará as curtas metragens deste ano.

Diogo concluiu o curso de Direito na Universidade de Coimbra, em 2005, antes de se dedicar ao cinema.

No ano passado, sua curta-metragem Cidade Pequena ganhou o Urso de Ouro do Festival de Berlim e conquistou também a crítica portuguesa.

Outra curta-metragem, As Rosas Brancas, já havia sido selecionada há quatro anos pelo Festival de Berlim.

Com sua primeira curta, Jumate, Diogo tinha conquistado um ano de estudos na Escola de Cinema da Catalunha, onde obteve um mestrado. Estudou Realização e Produção Cinematográfica na Universidade de Nova Iorque, nos últimos quatro
anos.

Berlim considera Diogo Costa Amarante como um dos grandes representantes da nova geração de realizadores portugueses.

Oiçamos o jornalista Rui Martins, que nos fala de Berlim.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.