Acesso ao principal conteúdo
Mundo

Morreu o filho mais velho de Fidel Castro

Fidel Angel Castro Diaz-Balart em Havana.
Fidel Angel Castro Diaz-Balart em Havana. REUTERS/Claudia Daut

O filho mais velho do antigo Presidente cubano Fidel Castro morreu em Havana, aos 69 anos, em resultado de "uma depressão profunda".

Publicidade

A informação é avançada pela imprensa oficial de Cuba e de acordo com o site Cubadebate, Fidel Castro Diaz-Balart lutava, o filho mais velho de Fidel Castro vinha a ser acompanhado por um grupo de médicos há vários meses por um estado depressivo profundo, atentou contra sua vida na manhã de ontem, 1 de Fevereiro.

O primogénito do falecido líder cubano, que tinha muitas semelhanças físicas com o pai, era fruto da união de Fidel com Mirta Diaz-Balart, uma aristocrata cubana com quem casou na juventude, antes de enveredar pela luta armada que o viria a conduzir ao poder.

Formado em Física Nuclear, Fidelito, nome pelo qual era conhecido, era assessor científico do Conselho de Estado de Cuba, órgão máximo do governo da ilha, e vice-presidente da Academia de Ciências do país.

A organização das cerimónias fúnebres estará a cargo da família, pelo que não será um acontecimento oficial. O desaparecimento ocorre apenas 15 meses após a morte de Fidel, a 25 de Novembro de 2016, aos 90 anos de idade.

selfpromo.newsletter.titleselfpromo.newsletter.text

selfpromo.app.text

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.