Acesso ao principal conteúdo
CHINA

China: plenos poderes para Xi Jinping ?

Colares de recordação com retrato do presidente chinês Xi Jinping na Praça Tiananmen em Pequim, China, a 26 de Fevereiro 2018.
Colares de recordação com retrato do presidente chinês Xi Jinping na Praça Tiananmen em Pequim, China, a 26 de Fevereiro 2018. REUTERS/Thomas Peter

Na China Xi Jinping poderá vir a alterar a constituição por forma a manter-se no poder além dos dois mandatos actualmente previstos na lei fundamental. O líder chinês é mesmo cada vez mais comparado a Mao Tsetung.

Publicidade

Xi Jinping tem dirigido com mão de ferro a China nos últimos cinco anos e tem-se notabilizado pela sua política anti-corrupção.

O seu papel na chefia da segunda potência mundial tem-se vindo a afirmar. Nas lojas de lembranças são muitos os objectos com a sua cabeça redonda e silhueta maciça.

O grande público até o chama de "Tiozinho Xi", ele que muitas vezes é comparado a Mao Tsetung, pai fundador do regime.

Xi Jinping está omnipresente nos meios de comunicação social e é alvo de uma intensa propaganda, institucionalizando quase um culto da personalidade em seu redor.

O dirigente de 64 anos poderia manter-se quanto tempo desejar na liderança da China através da adopção de uma revisão constitucional suprimindo o actual limite de dois mandatos presidenciais.

Esta é uma restrição que foi imposta para evitar o autoritarismo, as violências e a luta entre facções que ilustraram o reinado de Mao Tsetung (1949-1976) e para favorecer um governo colectivo.

Xi Jinping tem conseguido impor-se em larga escala também graças a uma repressão feroz contra qualquer voz contestatária.

Porém como refere Daniel Pinto, professor universitário em Macau e presidente da Associação Macau Cabo Verde, é provável que esta reforma constitucional se faça, tanto mais que Xi Jinping é globalmente bem visto pelo seu papel na luta contra a corrupção.

Daniel Pinto, professor universitário cabo-verdiano em Macau

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.