Acesso ao principal conteúdo
Grécia

Referendo difícil pela República da Macedónia do Norte

Mapa da Grécia e Macedónia do norte com fronteira para Macedónia ex-jugoslava
Mapa da Grécia e Macedónia do norte com fronteira para Macedónia ex-jugoslava DR

Os macedónios foram chamados hoje às urnas para no quadro de um referendo votarem por uma República da Macedónia do Norte. Mas os 50% de participantes necessários à validação do referendo até este momento ainda não foram conseguidos, criando uma certa ansiedade.

Publicidade

A perspectiva duma reconciliação com a Grécia e entrar de mansinho na União europeia está a ser um parto difícil já que os macedónios têm dificuldades em mobilizar os 50% de votantes no referendo para criar a República da Macedónia do norte.

Até há bocado a participação era apenas de 30% dos votantes e são necessários 50% para que o referendo seja validado e a mudança de nome da Macedónia, ex-república jugoslava terá que obter o SIM.

Uma mudança de nome para República da Macedónia do Norte, supostamente para resolver o conflito com a Grécia e abrir o caminho para a União europeia e a NATO.

Este voto popular serviria para validar o acordo de junho com Atenas, que prevê a mudança de nome para República da Macedónia do Norte. 

Independentemente, dos resultados do referendo, com quórão ou não, o futuro não é tão claro como muitos pensam, tendo em conta que estamos perante duas Macedónias, uma eslava e outra grega, culturalmente muito diferentes.

A antiga república jugoslava da Macedónia é pobre e de cultura e língua eslavas, enquanto a Macedónia grega da Salónica é de cultura helena.

Para Atenas, que bloqueava as candidaturas da adesão de Skopja à UE e à NATO, o antigo nome alimentava a ideia duma reivindicação territorial inaceitável na província homónima do norte da Grécia.

Oiçamos a análise política, cultural e económica destas duas Macedónias, com o economista grego, Elias Soukiazis, Professor na Universidade de Coimbra.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.