Acesso ao principal conteúdo
França/Turquia

Cultura: Elise Vincent arrecadou Prémio Albert Londres

O 80° Prémio Albert Londres foi entregue em Istambul a Elise Vincent (centro), jornalista do «Le Monde».
O 80° Prémio Albert Londres foi entregue em Istambul a Elise Vincent (centro), jornalista do «Le Monde». BULENT KILIC / AFP

O 80° Prémio Albert Londres foi entregue em Istambul a Elise Vincent, jornalista do «Le Monde», por uma série de reportagens em torno do jihadismo e da radicalização em França.

Publicidade

Elise Vincent triunfou neste prémio após seis investigações realizadas entre Junho de 2017 e Junho de 2018.

O mais prestigiado prémio francófono de jornalismo foi entregue na Turquia sob o signo do apoio aos jornalistas turcos confrontados com uma campanha de repressão pelas autoridades.

Na categoria audiovisual os prémios foram entregues a Marjolaine Grappe, Christophe Barreyre e Mathieu Cellard pelo filme «Os homens do ditador», que aborda o financiamento do regime da Coreia do Norte.

O segundo Prémio do Livro foi atribuído a Jean-Baptiste Malet pela obra «O Império do ouro vermelho», uma investigação em torno da economia do tomate concentrado.

A cerimónia de entregue dos prémios decorre num restaurante que pertence ao empresário turco Osman Kavala, detido há mais de um ano.

A presidente do júri Albert Londres, Annick Cojean, enviou uma mensagem forte afirmando que estava num país onde os jornalistas independentes são considerados como alvos a abater ou a calar.

De notar que esta cerimónia se realizou num contexto particular com a morte do jornalista saudita Jamal Khashoggi no consulado da Arábia Saudita em Istambul.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Acompanhe toda a actualidade internacional fazendo download da aplicação RFI

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.