Acesso ao principal conteúdo
WWF/ Relatório

WWF alerta para extinção acelerada de vertebrados

Muitas espécies de animais vertebrados caiu 58% desde 1970, diz o WWF - Fundo Mundial para a Natureza
Muitas espécies de animais vertebrados caiu 58% desde 1970, diz o WWF - Fundo Mundial para a Natureza DR

No seu relatório anual, intitulado “Planeta vivo”, o WWF - Fundo Mundial para a Natureza -  alerta para o desaparecimento acelerado de muitas espécies animais, assim como algumas espécies de plantas. Principal culpado : O Homem ! 

Publicidade

Entre 1970 a 2014, o número de vertebrados selvagens - mamíferos, peixes, aves, répteis e anfíbios baixou de 60%. Esta é uma das principais conclusões do relatório anual do WWF, intitulado “Planeta vivo”.

Globalmente, a degradação do habitat dessas espécies é a maior ameaça. A mudança climática é um dos exemplos mais recentes, mas os pesquisadores apontam também para o desequilíbrio dos ciclos de nitrogénio e de fósforo, devido ao uso de fertilizantes, e da pecuária intensiva.

A acidificação dos oceanos e das reservas de água doce estão também na origem  da exterminação de uitas espécies, e constituem exemplos desta catástrofe planetária.

Quase 20% da selva amazónica, a maior do mundo, desapareceu em apenas 50 anos. Outro exemplo : Cerca de 66% dos elefantes duma região da Tanzânia, desapareceram, entre 2009 e 2014. E se contarmos a partir do ano de 1976, a percentagem é muito maior - 86% - principalmente devido à caça furtiva.

A percentagem de extinção das espécies varia entre 100 a 1.000 vezes superior à que se registava há alguns séculos, antes que as actividades humanas tivessem começado a alterar a biologia e a química terrestres.

Os cientistas afirmam que já começou uma extinção maciça, a sexta em apenas 500 milhões de anos.

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.