Acesso ao principal conteúdo
Estados Unidos

Califórnia: Mais de 60 mortos e 600 desaparecidos

Imagens do fogo a 9 de Novembro de 2018.
Imagens do fogo a 9 de Novembro de 2018. REUTERS/Eric Thayer

As autoridades informaram, esta quinta-feira, que 63 pessoas morreram e 631 estão desaparecidas na sequência dos incêndios no Estado norte-americano da Califórnia. Este é um dos piores fogos nos Estados Unidos desde que há registos.

Publicidade

É um dos incêndios mais mortíferos nos Estados Unidos do último século: mais de 60 mortos confirmados e mais de 630 pessoas desaparecidas, de acordo com as autoridades.

O fogo dura há uma semana e reduziu a cinzas a localidade de Paradise, com 27.000 habitantes e a 280 quilómetros de São Francisco. Cerca de 12.000 estruturas, ou seja, quase metade dos edifícios, sobretudo casas, foram destruídas dentro e à volta da cidade em apenas algumas horas, a 8 de Novembro.

No total, no Estado da Califórnia, além da destruição de dezenas de milhares de edifícios, os incêndios  obrigaram ao encerramento de escolas, ao corte de estradas e à evacuação de localidades inteiras, tendo deixado mais de 52 mil desalojados.

O presidente norte-americano vai deslocar-se, este sábado, ao norte da Califórnia, depois de ter declarado, no início da semana, o estado de catástrofe natural para desbloquear ajudas federais. Uma decisão tomada horas depois de ter acusado a Califórnia, controlada pelos democratas, de má gestão das florestas quando as florestas estão, na sua maioria, sob controlo do Estado federal.

NewsletterReceba a newsletter diária RFI: noticiários, reportagens, entrevistas, análises, perfis, emissões, programas.

Faça o download da aplicação

Página não encontrada

O conteúdo ao qual pretende aceder não existe ou já não está disponível.